Selecione a data de sua viagem
Origem: Brazil
...
...

Confira nosso checklist para viajar pelo mundo e tenha uma jornada segura!

Nada melhor que viajar pelo mundo, não é mesmo? Mas bom mesmo é viajar com segurança e tranquilidade. Então vamos passar um checklist com os pontos fundamentais para que sua viagem seja a melhor possível.

Segurança antes de partir

Antes de adquirir sua passagem aérea para viajar pelo mundo, certifique-se sobre a situação política e condições climáticas no país que vai visitar, pois, estes fatores podem impactar diretamente em sua segurança.

Atenção especialmente para previsões ligadas a ao clima, como ciclones e inundações. Ou mesmo uma situação política instável,que pode incluir manifestações, passeatas e greves.

Situação política do país de destino

Para averiguar a situação de segurança do país de destino, pesquise visitando o Portal Consular do Ministério das Relações Exteriores. Na seção denominada “Antes de Viajar", você pode acessar a página “Alerta aos Viajantes”. Nesta página são fornecidas informações de segurança importantes, referents aos possíveis riscos e situações instáveis existentes em cada país.

Viajar pelo mundo deve ser uma aventura recheada de boas lembranças, não de momentos traumatizantes. Combinado?

Leia também: tudo o que você precisa saber sobre seguro viagem internacional

Condições climáticas

Cada destino vai apresentar características próprias em relação às condições climáticas. Para viajar pelo mundo com conforto, pense sempre numa mala que contenha tudo aquilo que será útil e adequado ao seu passeio.

Aproveite da tecnologia e tenha um app que traga atualizações em tempo real sobre o clima do seu país de destino. Afinal, com as mudanças climáticas que estamos enfrentando, não dá para apenas confiar em antigos clichês. Londres chuvosa? Madrid ensolarada? Pode não ser mais assim.

Documentos de entrada

Observe a data de vigência do seu passaporte e o respectivo visto aplicável para o país de destino. A relação de países que exigem visto pode ser encontrada no site do Itamaraty. Você precisa ficar extremamente atento a essa questão quando for viajar pelo mundo, pois não vai conseguir resolver de improvido na entrada.

Endereço das embaixadas e consulados

Ao viajar pelo mundo você pode vir a precisar da ajuda de um cônsul brasileiro. Portanto, antes de ir ao estrangeiro, identifique os endereços das missões diplomáticas brasileiras existentes no país de destino, para garantir sua segurança. A relação atual de missões diplomáticas brasileiras encontra-se disponível no site do Itamaraty.

Contato de Emergência

Antes de viajar pelo mundo, deixe sempre o itinerário da sua viagem com uma pessoa de sua estrita confiança. Se possível, deixe com ela também o endereço onde estará hospedado e um número de telefone para contato no exterior.

Vacinação

A obrigatoriedade de emissão do CIVP (Certificado Internacional de Vacinação ou Profilaxia) e das vacinas exigidas varia de acordo com cada país. Por isso, para viajar pelo mundo é necessário um planejamento prévio das documentações obrigatórias. Na maioria dos casos, os processos de emissão e validade desses documentos levam alguns dias.

Um exemplo comum de vacina exigida no CIVP é a de Febre Amarela, requisitada em inúmeros países. O comprovante só será aceito após 10 dias da aplicação, por conta do organismo demandar este tempo para produzir os anticorpos e efetivamente garantir a proteção do viajante.

Outro ponto importante é se atentar às escalas e conexões de voos, pois havendo qualquer uma destas opções as exigências de vacinas específicas do lugar de conexão poderão ser cobradas no aeroporto.

Leia mais: vai para o exterior? Veja quais são as vacinas obrigatórias para viajar

Imagem de jovem mulher fazendo sinal de ok após se vacinar antes de viajar.

Horário do seu voo

A maior parte das companhias aéreas pede que o viajante chegue com pelo menos 3 horas de antecedência para viagens internacionais. Quase todo mundo conhece essa regra, mas é sempre importante levá-la em consideração, principalmente ao viajar pelo mundo. Afinal, com tempo de sobra você evita correrias desnecessárias e pode aguardar o voo já pensando nas coisas boas que vai fazer no destino.

Aviso de viagem nos cartões de crédito e débito

Cuidado com a pegadinha! Você só vai conseguir utilizar seus cartões internacionais ao viajar pelo mundo depois de avisar seu banco e operadora.

Isso mesmo, para evitar aquele constrangimento no momento de pagar, você tem que fazer o seguinte: por telefone ou pelo aplicativo do seu banco, com pelo menos 48 horas de antecedência, avisar sobre o seu deslocamento. Assim, o sistema não vai negar suas compras. O mesmo é válido para o cartão de débito, para poder utilizá-lo como no Brasil.

Reservas de tours e hospedagem

Ponto fundamental para viajar pelo mundo é estar tranquilo em relação às reservas de hospedagem e dos seus passeios.

Algumas dicas para não passar apertos com isso:

  • Procure sites com boa reputação, fuja de ofertas baratas demais em sites que ninguém ouviu falar;
  • Fique atento para fotos, elas precisam ser reais e embasadas pelas avaliações de outros viajantes;
  • Pesquise sobre a localização, pois é importante ter um bom custo-benefício do seu local de hospedagem para onde você vai fazer passeios;
  • Preste atenção aos serviços oferecidos, como wi-fi, café da manhã e traslados.

Carteira de motorista do Brasil

Vai viajar pelo mundo e tem o desejo de aproveitar as estradas do país que vai conhecer? A boa notícia é que sim, muitos países pelo mundo permitem que você dirija em suas pistas.

Para isso você vai precisar de um documento chamado PID - Permissão Internacional para Dirigir - emitido pelo Detran. Para realizar esse ??procedimento você vai precisar procurar o órgão do estado no qual sua CNH foi emitida. É possível fazer isso através do site do Detran.

Confira alguns países que você pode dirigir com sua PID:

  • América do Sul: Argentina, Bolívia, Chile, Colômbia, Equador, Guiana, Paraguai, Peru, Uruguai e Venezuela;
  • América do Norte e Central: Estados Unidos, Canadá, Cuba, Costa Rica, Guatemala, Honduras e República Dominicana;
  • Europa: Alemanha, Bélgica, Croácia, Dinamarca, Espanha, França, Grécia, Hungria, Itália, Noruega, Países Baixos, Portugal, Reino Unido, República Tcheca, Suécia, Rússia e Suíça;
  • Ásia: China, Coreia do Sul, Tailândia e Indonésia;
  • Oceania: Austrália e Nova Zelândia.

Troque dinheiro

Assim como existe uma grande pesquisa ao escolher o seu destino para viajar pelo mundo – seja de acomodações, passeios e restaurantes –, é importante incluir a questão do câmbio em seu planejamento.

As taxas de câmbio estão sempre mudando. Além da variação do valor nominal da moeda, existem diferenças em relação ao local/operador onde você compra. Pesquise muito e fique atento para o melhor dia de compra antes da sua viagem.

Não leve reais imaginando que poderá trocá-los em outro país. Você vai perder dinheiro, pois com exceção de alguns países latino-americanos o câmbio sempre será desfavorável. Prefira carregar dólares ou euros, que são aceitos globalmente e com menor variação de valores.

Para países que utilizam moedas mais difíceis de encontrar no Brasil, como alguns africanos ou asiáticos, a sugestão é levar dólar e durante a viagem ir trocando o dinheiro nas casas de câmbio locais.

Por fim, evite fazer câmbio nos aeroportos, pois apesar de confiáveis, costumam praticar taxas mais altas do que em outros lugares.

Apps de viagem

Os apps podem ser grandes aliados ao sair para viajar pelo mundo. Às vezes nem nos damos conta do quanto esses aplicativos são fundamentais para o nosso cotidiano.

A seguir dicas de alguns que vão te ajudar em diversos momentos:

  • Aplicativos das companhias aéreas ou de trem: é por ali que você localiza as informações exatas sobre seu itinerário de forma simples e pode entender como proceder em caso de alterações (o que é comum de acontecer nas viagens de trem).
  • Trip Advisor: uma ferramenta já muito conhecida de quem gosta de viajar, traz informações sobre hotéis, restaurantes e passeios dos mais diversos lugares do mundo. Com o plus de trazer horários de funcionamento, preços, endereços, fotos e, claro, a avaliação de outros viajantes.
  • Conversor de moedas: existem diversas opções desse tipo de aplicativo, escolha o que mais se adapta ao seu estilo, mas não saia de casa sem ele! Vai facilitar muito sua vida na hora de fazer as contas;
  • Google Maps e Tradutor: estes já fazem parte do nosso dia-a-dia, mas sempre é bom lembrar da importância de tê-los no seu celular ou tablet. Você vai conseguir se movimentar, e se comunicar, com um bom nível de segurança.
  • Previsão do tempo: quando saímos para um passeio o clima é sempre um ponto muito importante. Portanto é interessante ter um app que traga uma previsão confiável do local onde você está.

Chip de celular com internet

Não passa pela cabeça de nenhum viajante ficar sem conexão com a internet ao viajar pelo mundo. Por isso, é importante você se organizar antes de embarcar, para evitar perda de tempo e gastos desnecessários.

A primeira opção é pesquisar sobre as opções de roaming internacional da sua operadora no Brasil. O problema nesse caso pode ser o alto custo diário para usar a internet.

Também há a opção de comprar um chip na chegada ao local de destino. O valor costuma compensar, mas lembre-se que você pode perder um bom tempo para fazer os trâmites de compra, além de precisar se comunicar bem com o vendedor para evitar surpresas desagradáveis.

E atualmente estão sendo oferecidos chips que funcionam em diversos países e podem ser adquiridos antes de sair para viagem. São diversos os tipos de planos disponíveis, e é importante fazer uma pesquisa levando em conta o seu tipo de uso.

Mulher jovem usando seu smartphone enquanto faz passeios turísticos

Tipo de tomada no país de destino

Eis uma questão controversa, até mesmo aqui no Brasil, não é mesmo? Para viajar pelo mundo com alguma tranquilidade em relação a isso, a dica é: tenha um adaptador de tomada universal.

Dica bônus é já comprar esse adaptador no Brasil, pois pode ser complicado encontrar esse tipo de acessório em alguns países.

Medicamentos controlados

Para quem vai viajar pelo mundo e precisa tomar medicamentos controlados a dica é sempre carregá-los na sua bagagem de mão, afinal são um item de primeira necessidade.

Ah, eles devem estar dentro das embalagens originais, ok? Vale também deixar uma versão em inglês da receita e a nota fiscal da compra.

Lembre-se que a prescrição médica do Brasil não vale em outros países. Caso seja necessário, você vai precisar realizar uma consulta com algum médico local para pedir uma receita.

Leia também: saiba como funciona o seguro saúde viagem

Aparelhos eletrônicos com carga total

Mais do que nunca, somos dependentes dos nossos aparelhos eletrônicos, seja para comunicação, para seguir trabalhando ou mesmo para se distrair enquanto faz sua viagem.

Por isso, ao viajar pelo mundo, nunca esqueça de sair com as baterias carregadas do seu celular, laptop, tablet, fones de ouvido, câmeras e demais aparelhos que costuma utilizar.

Tenha consigo sempre um cabo USB, ele pode salvar em diversas ocasiões. E sempre se certifique se o seu local de destino tem a corrente elétrica 110v ou 220v para evitar problemas ao recarregar seu aparelho.

Tenha consigo sempre um cabo USB, ele pode salvar em diversas ocasiões. E sempre se certifique se o seu local de destino tem a corrente elétrica 110v ou 220v para evitar problemas ao recarregar seu aparelho.

Contrate um seguro viagem internacional com assistência de viagem

Contratar um seguro viagem internacional é fundamental para quem vai viajar pelo mundo. O seguro é obrigatório para alguns destinos, para outros não. Independente disso, com a Assist Card você conta com assistência 24 horas, em português, para te auxiliar em qualquer eventualidade.

Conheça as opções de seguro viagem internacional disponíveis na Assist Card:

Não perca tempo, faça uma cotação online e entre em contato com o Chat Center aqui pelo site para tirar qualquer dúvida sobre a melhor opção de seguro para viajar pelo mundo da maneira que merece.

Conclusão

Agora você está pronto para viajar pelo mundo da maneira mais segura possível. Basta escolher o destino e aproveitar todas essas dicas!

Produtos adicionais

Na Assist Card temos produtos especialmente pensados para cada tipo de viajante. Conheça nossas coberturas adicionais e personalize sua experiência em viagem.


Perguntas Frequentes

Apenas os produtos adquiridos em viagem, conhecidos como planos ON Trip, possuem franquia médica. Neste caso, sempre que solicitar atendimento médico haverá a cobrança prévia da franquia. Já os produtos adquiridos no Brasil, antes da viagem, não possuem franquias médicas, mas podem possuir franquias especificas para outras coberturas. Por exemplo: se o seu voucher tiver cobertura para eletrônicos comprados em viagem, poderá haver a cobrança de franquia quando você solicitar a indenização em caso de roubo.

A Assist Card tem um serviço de rastreio para malas extraviadas que lhe garante mais segurança e tranquilidade. Primeiramente, você deverá buscar a companhia aérea para abrir um protocolo, chamado PIR (property Irregularity Report). É obrigação da companhia aérea abrir este protocolo. Com este número, você deverá entrar em contato conosco em até 24 horas, para que comecemos a busca pela sua bagagem. Se a sua bagagem não for localizada em até 8 horas, você terá uma indenização de até USD 200 para o reembolso de itens de primeira necessidade. Após isso, seguiremos com o rastreio e se sua bagagem não for localizada em até 96 horas após a abertura do chamado, você receberá uma indenização de até USD 1.200. Caso a sua bagagem seja localizada antes deste prazo, você receberá um e-mail informando sobre os dados de sua bagagem e onde ela será entregue.

Sim, a depender do plano Assist Card contratado. Lembre-se de consultar as coberturas na hora da contratação.

WhatsApp