Selecione a data de sua viagem
Origem: Brazil
...
...

Carteira de vacinação digital: entenda como funciona

Em um mundo cada vez mais conectado, o universo digital tem impactado inúmeras situações de nossas vidas, incluindo a maneira como gerenciamos informações essenciais para nossa saúde.

A carteira de vacinação digital é um recurso que oferece maior conveniência, acessibilidade e segurança na manutenção dos registros de imunização dos viajantes. Neste artigo, exploraremos os benefícios dessa tecnologia e como ela está revolucionando a forma como acompanhamos e compartilhamos nossas vacinações.

Como emitir Certificado Digital de Vacinação de Covid-19?

Após se vacinar, aguarde o período de até 10 dias úteis para que o registro seja transmitido à Rede Nacional de Dados em Saúde do Ministério da Saúde.

Após esse período, acesse o Conecte SUS Cidadão e busque o ícone ‘Vacinas’ para iniciar a emissão do seu Certificado. Nesta área, as doses administradas aparecerão na tela. Então, clique para abrir o detalhamento das doses e escolha a opção “Certificado de Vacina Covid-19”, optando entre os idiomas português, inglês ou espanhol.

Depois disso, basta apertar no ícone “PDF” para emitir o seu Certificado Digital de Vacinação de Covid-19.

Quais vacinas são obrigatórias para cada país?

Não existe uma padronização global de vacinas obrigatórias. Cada país tem liberdade para definir suas regras e exigências quanto à proteção de doenças. Porém, existem vacinas que são, geralmente, mais solicitadas que outras.

Um grande exemplo seria a vacina de Febre Amarela, que é uma doença infecciosa transmitida pelo mosquito Aedes aegypti, o também transmissor da Dengue, muito conhecida no Brasil e em outros países.

A obrigatoriedade de vacina para a Febre Amarela é mais frequente na América do Sul, Central e África.

Outras vacinas solicitadas ao redor do mundo são Tétano, Difteria, Hepatite A, Hepatite B, Tríplice Viral e Anti Rábica.

Globo terrestre com tachinhas marcando diferentes países.

Quem pode utilizar esse serviço?

Todos os cidadãos que tiveram o ciclo vacinal finalizado contra a COVID-19 e tiveram seu Registro de Imunobiológico Administrado enviado à Rede Nacional de Dados em Saúde.

Etapas para a realização deste serviço

  1. Tomar a dose integral da vacina (dependendo do imunizante - duas doses ou dose única) em um Centro de Imunização ou em uma Unidade Básica de Saúde.
  2. Observação: O registro pode ser realizado por profissional em sistema de informação ou em papel. No último caso, há um processo de digitação, organizado pela Vigilância Epidemiológica local, que em alguns casos podem ou não ser realizado pelo vacinador.

    Tempo de duração da etapa: Depende da vacina administrada. O intervalo do ciclo vacinal está disponível no Plano Nacional de Operacionalização da Vacina Contra a COVID-19.

  3. Por meio do aplicativo Conecte SUS Cidadão (Android ou IOS) ou da versão web, acompanhar se o registro da vacina foi inserido no sistema de informação. Caso não apareça no sistema após 10 (dez) dias da data da vacinação, verificar se houve algum problema de digitação com a equipe do estabelecimento de saúde ou Secretarias estaduais ou municipais de saúde e certificar-se de que seus dados foram transmitidos à Rede Nacional de Dados em Saúde (RNDS) do Ministério da Saúde.
  4. Tempo estimado de espera: Até 10 dias.

  5. Emissão do Certificado: No Conecte SUS Cidadão, buscar o ícone vacina >> apertar o ícone vacina >> ver o as doses administradas, abrir o detalhamento das doses administradas e clicar no botão emissão do certificado.
  6. Tempo estimado de espera: 2 minutos

    Observação: O Certificado Nacional de Vacinação contra a COVID -19 só será habilitado após a finalização do esquema vacinal. Dessa forma, o cidadão deverá estar atento ao número de doses necessárias para cada imunizante.

Enfermeira aplicando vacina no braço direito de um homem de terceira idade.

Como emitir o certificado pelo aplicativo do Conecte SUS Cidadão?

Siga os passos abaixo para baixar o app no smartphone, efetuar login pelo acesso único do governo federal gov.br e acessar os dados da campanha de vacinação até emitir o seu certificado. É preciso ter um número de CPF para acessar o serviço.

Autenticação do documento

O certificado poderá ser autenticado utilizando o código de 16 dígitos e/ou QRCode apresentado no documento. Este documento é válido em território nacional e tem validade de doze meses a partir da data de emissão.

A autenticação do documento pelo leitor de QR Code pode ser realizada no próprio aplicativo Conecte SUS, usando as câmeras nativas do dispositivo, ou pelo site Valida Certidão. Este serviço é gratuito.

Como saber se os meus registros de vacinação já formam enviados à RNDS/Ministério da Saúde?

Verifique no app Conecte SUS Cidadão ou versão web. Caso não esteja disponível após a conclusão do esquema vacinal, entre em contato com o estabelecimento de saúde responsável pela aplicação da vacina.

Conclusão

Em resumo, a carteira de vacinação digital representa um avanço promissor na gestão de informações de saúde, oferecendo conveniência, acessibilidade e segurança.

À medida que abraçamos a digitalização de registros de imunização, podemos esperar uma maneira mais eficaz de acompanhar nossas vacinas, facilitando o acesso aos dados relevantes quando mais precisamos. Esta inovação promete simplificar nossas vidas, tornando a manutenção de registros de saúde mais fácil e eficiente do que nunca.

E se pretende viajar com ainda mais segurança, além de questões de imunização, conte com o Seguro Viagem Assist Card para te auxiliar em inúmeros tipos de imprevistos como saúde, odonto, extravio de bagagem, cancelamento de voos, roubos, furtos, entre outros.

Desde já, desejamos muita saúde e ótimas experiências de viagens para você.


Produtos adicionais

Na Assist Card temos produtos especialmente pensados para cada tipo de viajante. Conheça nossas coberturas adicionais e personalize sua experiência em viagem.


Perguntas Frequentes

Para quem viaja com frequência, mas não tem as datas de viagem previamente definidas, a Assist Card recomenda a contratação do plano Multitrip. Com este plano você pode realizar quantas viagens quiser ao longo de um ano, sem precisar definir previamente as datas da viagem. A única recomendação é que você não passe mais do que 30 dias consecutivos fora do Brasil.

Sim, é possível comprar Assist Card somente para um menor de idade.

Todos os planos Assist Card oferecem cobertura para a prática de esportes, desde que não seja esporte profissional. Se você precisa de uma cobertura para esporte profissional deve entrar em contato com nossos vendedores e adquirir um seguro diferenciado.


WhatsApp